Exercícios x bico de papagaio

22/08/2013 - Da redação

A atividade física ajuda a prevenir o problema

O famoso bico de papagaio – expressão popular utilizada para dar nome a um processo de desgaste da articulação provocado por artrose na coluna – pode atingir muitos pacientes que têm osteoporose. Não que uma doença seja causa ou consequência da outra, como explica o ortopedista Alexandre Fogaça, do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas de São Paulo. Acontece que as duas patologias são bastante comuns em pessoas da terceira idade, revela o médico.

As causas da artrose na coluna são diversas e as principais são a predisposição genética, esforço repetitivo, trauma ou postura inadequada. A prevenção da doença tem medidas similares às recomendadas para evitar uma série de outras doenças crônicas e degenerativas e incluem a prática de atividades físicas com ênfase no fortalecimento da musculatura das costas e do abdômen, alongamentos e cuidados com a postura.

Depois que a artrose está instalada, o tratamento é basicamente fisioterápico, afirma Fogaça. Também é utilizado tratamento com medicamentos para alívio das dores e para diminuir o desgaste da coluna. Em casos extremos, há procedimentos cirúrgicos que levam à redução da dor, mas, adicionalmente, podem provocar diminuição dos movimentos.

Segundo Fogaça, os medicamentos utilizados para a artrose não são conflitantes com aqueles recomendados para a osteoporose e, por essa razão, o tratamento medicamentoso não é diferente para quem tem as duas doenças. “Cada uma das duas patologias tem tratamento medicamentoso diferente e um não compromete o outro”, afirma o médico.